sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

Boa-Tarde


Hoje eu acho que sou a única pessoa que está feliz por que o tempo mudou. Como sofri estes dias de calor intenso. Preciso mudar para o pólo norte, seria a decisão acertada.

São Paulo amanheceu totalmente nublada e, com uma garoa fininha com uma temperatura de 23 graus are baba! Que delicia. Acho que muitas pessoas não gostaram muito do tempo com cara de mau, pois queriam ir para praia no "finde" como dizem minhas amigas cariocas. Ai fiquei pensando no trabalho que Deus tem, um quer calor, outro quer frio... e por falar em Deus, o que foi aquilo no Haiti pessoal? Eu não consigo nem acompanhar as notícias, sinto um nó no peito em ver aquelas pessoas correndo desesperadas sem saber para ondeir e nem para quem pedir socorro.

Fiquei pensando, Deus realmente é um cara muito ocupado, impossível dar conta de convencer as pessoas à amar o próximo com a si mesmo. Por que tantas tragédias?, o que temos que compreender?... a resposta pode ser bem simples: COMPAIXÃO, que nada mais é do que se colocar no lugar do outro.

Mas, a mim resta fazer uma oração para que estas pessoas que sofreram e ainda vão sofrer muito com o terremoto, que elas recebam um toque de Deus, para suportar tamanha tragédia.

Esta semana trabalhei feito gente grande lá no BENDIZER, que está cada vez mais perto de ficar tudo OK. Tenho muito para agradecer por que, apesar de tantas limitações ainda consigo realizar muita coisa, baseada numa extrema vontade de viver e de ajudar o próximo.

Quero deixar aqui para aqueles que puderem, o endereço onde será a missa 7º dia do Tadeu.
Dia : 16/01 - Sábado
Local : Paroquia N.Sra dos Pobres
Av. : Vital Brasil, 1185
Horário : 19:00 h
A paróquia fica ao lado do Instituto Butantã


Abraços Apertados :)

8 comentários:

  1. Essa força e vontade é que te impulsiona e assim, ainda ajudas, até com o teu exemplo.beijos,lindo fim de semana,chica

    ResponderExcluir
  2. Vais buscar essa força toda ao prazer que te dá ajudar o próximo. O que se está vendo no Haiti é um lado muito bonito do ser humano, a face mais deslumbrante que ele tem; quando quer ele sabe ser solidário; pena que não seja sempre assim. A drª Zilda, pessoa que sá queria ajudar os mais necessitados, perdeu a vida; como ela, foram outros sacrificados; bons, maus, crianças... tudo! Que tristeza! Às vezes não entendo Deus! Homenageei a nossa Zilda no Começar de Novo e com ela, todo o povo Haitiano. Força amiga e mais uma vez, parabéns pelo teu trabalho Um beijinho carregadinho de carinho
    Mila

    ResponderExcluir
  3. Querida Rosário!
    Pobre povo haitiano,sofreu, sofre e sofrerá tudo o que a incompetência humana tem de mais forte a segregação, a falta de tudo.... governantes incapazes de promover a paz e o progresso e a natureza rebelada o que se pode esperar? Fazer? Missões de paz onde falta tudo? Agora devemos alimentar ,cuidar dos feridos e depois reconstruir.... dar uma identidade a este povo, educar, ensinar torná-los conscientes da condição de seres humanos.... Quanta tristeza.... não sei o que pensar, o que será das crianças órfãs? dos que sobreviveram e ficarão com sequelas? Dos que pouco tinham e agora nada tem? Felizes os que partiram.... Não sofrem mais...
    Estou muito triste,muito mesmo por tudo, às vezes penso que Deus se esqueceu de alguns...
    Muito triste eu te abraço
    Vera

    ResponderExcluir
  4. Chica, eu adoro os seus blog, fico perdida com tanta coisa boa que tem lá. E como diz um amigo força na Peruca!!!! bjs.:)

    ResponderExcluir
  5. Mila, eu tb as vezes me pergunto Deus onde vc estava!??? Mas inclusive deixei um recado no blog de uma amiga.Faz um tempo li em um jornal, que qd o Papa João Paulo visitou o local do holocausto lhe foi perguntado: Onde estava Deus naquele momento? ele respondeu: Esperando atitude do homem em amar o próximo com a ti mesmo! Acho que responde um pouco nossa indignação com tantas tragédias. bjs:)

    ResponderExcluir
  6. Ro para Vera Henke16 de janeiro de 2010 08:06

    Vera querida, estamos todos assim... sofrendo e concordo com vc, Felizes os que se foram...
    Abraços apertados!

    ResponderExcluir
  7. Ninguém é tão pobre que não possa ajudar, nem tão rico que não precise de ajuda.

    Dom Hélder Câmara

    ResponderExcluir
  8. Sra. Rosário,

    Gostou da mensagem do Dom Hélder?

    Seu amigo Aljan

    ResponderExcluir