terça-feira, 31 de março de 2009

Campanhas

"a melhor maneira de ver a doença é enxergando a cura."




"quando não vemos só a doença, fica mais fácil enxergar a cura."




"existem vários jeitos de ver o câncer. o melhor deles é enxergando a cura."



Quero postar aqui, uma das campanhas contra o câncer que a Publicidade resolve fazer às vezes, ao invés de só vender cerveja.

Essa campanha foi feita para o Hospital de Câncer de Barretos, pela agência MatosGrey, e aborda o câncer, como poucos abordam. Sem apelação, sem pessoas carecas, sem pessimismo. Fala de cura e de otimismo. Mostra uma interação entre as células prejudicadas e a 'vida normal'. Uma ilustração que mostra que depois do câncer, apesar de parecer impossível, a vida ainda é colorida. Só precisa enxergar do jeito certo...

Isso é o que minha mãe sempre prega aqui, e por isso quero reforçar com algumas dessas imagens. Quem quiser ver mais, clique na Dica de Link.

:* Gi

Orar...








... não importa qual seja o poder de Deus, o primeiro aspecto de Deus jamais é o do Senhor absoluto, do Todo-Poderoso. É o do Deus que se coloca no nosso nível humano e se limita.

- Jacques Ellul-

Não importa sua crença, o mais importande é fazer a seu modo uma prece profunda, eu sempre neste momento me sinto acolhida por Deus.

segunda-feira, 30 de março de 2009

Mais um dia...



Hoje mais forças para enfrentar uma difícil semana de tratamento. Sempre que vou para a clínica levo um kit sobrevivência. Coisinhas politicamente corretas para comer e beber, um bom livro, meu terço, meu escutador de música ou noticias. Mas hoje não consegui muita concentração. Lia um pouco, parava para pensar. Fazia uma prece parava para pensar, conversava com alguém e voltava a pensar na finitute da vida. Quero tanto viver mais um poucão, apesar de sempre estar com o pensamento na vida, nos dias de quimio fico assim melancólica. Com medos, com dúvidas, com pena de mim em vários momentos. Fiquei pensando enquanto almoçava, poxa vida hoje que estou conseguindo sentir melhor o sabor dos alimentos, vem de novo esses medicamentos para me tirar o sossego. Num certo momento chega lá clínica, uma jovem senhora (assim como eu), tão feliz , tinha acabado de sair da consulta e foi até clínica para abraçar e festejar junto com as enfermeiras(nossos anjos) a sua cura. Conversamos ali por alguns minutos e a alegria dela trouxe pra mim mais uma esperança, apesar de termos diagnósticos diferentes sempre é muito bom ver uma pessoa tão feliz por ter recebido sua cura. Estou na fila, como diz uma amiga....


Abraços apertados!

sábado, 28 de março de 2009

Presente


... " O PRESENTE É UMA PODEROSA DIVINDADE"... Goethe

quarta-feira, 25 de março de 2009

Vamos ser Gansos...


No outono do hemisfério norte, quando vemos bandos de gansos voando rumo ao sul, formando um grande "V" no céu, nos perguntamos porque eles voam dessa forma. A ciência já descobriu, por exemplo, que com essa formação as aves economizam energia, quando cada uma delas bate suas asas, move o ar para cima, ajudando a sustentar a que vem imediatamente atrás. assim, voando em "V" todo o bando se beneficia, e cada ganso "ganha" pelo menos 71% a mais de força de vôo do que se voasse sozinho. Ele percebe isso quando se desgarra do bando e, subitamente, sente a resistência que tem de transpor para continuar voando sozinho, ai, imediatamente, volta à formação para aproveitar o deslocamento de ar provocado pela ave que segue à sua frente. É um belo exemplo a ser seguido. Pessoas que tiverem a mesma direção e sentido de comunidade podem atingir seus objetivos de forma muito mais fácil e rápida se "viajarem"em grupo, se beneficiando de impulsos mútuos. Se todos tivéssemos o mesmo sentido dos gansos, seguiríamos em formação com aqueles que lideram a viagem, abrindo o caminho para onde também desejamos seguir. Entre aves, quando o líder se cansa, muda de posição e um outro assume a ponta. A liderança não é tarefa fácil e exige muito esforço, para que o bando mantenha a velocidade, os gansos de trás gritam para encorajar os que vão mais à frente. Nós tb deveríamos fazer o mesmo, e nos revezarmos em tarefas difíceis. Finalmente, quando um ganso fica doente ou é ferido por um tiro e cai, imediatamente, dois deles saem da formação e o acompanham para ajudá-lo e protegê-lo. Permanecem ao lado do doente até que consiga voar outra vez, ou até que morra. Só então, levantam voo sozinhos, ou entram em outra formação a fim de alcançar o seu bando. Nós tb deveríamos agir assim. Se tivéssemos o sentido solidário dos gansos, não nos importaríamos de mudar nosso rumo temporariamente para cuidar do outro, quando necessário, e até que ele se restabeleça e possa voltar a voar com suas próprias asas.


(recebi esta história sem o autor, se alguém souber me escreva)


Vamos ser gansos pessoal, eu adorei a essência...


Namastê

terça-feira, 24 de março de 2009

Outono - Quaresmeira




Eu amo o outono, adoro os dias ensolarado com um friozinho à noite! Aqui na minha rua tem uma pequena praça, que abriga uma grande e lindíssima quaresmeira. Vocês não podem imaginar como gosto desta árvore, nos tempos em que eu ainda trabalhava fazendo transporte escolar, conversava com ela todos os dias. E sempre comentava com as crianças na van, que um dia ela iria me dar um alô! As crianças claro achava que isso seria mesmo possível, então quase todos os dias nós falávamos ... oi árvore linda como vai... oi árvore linda cadê suas folhas... você vai trocar de roupa, e assim ficamos todos íntimos da quaresmeira. Um dia quando estávamos quase chegando perto da praça e, as crianças já se agitavam ...tá chegando ... tá chegando, e não é que ela respondeu! Era uma tarde linda e na época ela estava deixando suas velhas folhas, para receber outras novas, e ai uma chuvinha linda de folhas veio em direção a van, mais foi muito emocionante. Eu fiquei meio paralisada com aquilo e, as crianças gritavam!! - ela respondeu ... ela respondeu! Hoje ela está lindíssima com suas flores rosa e o chão está forrado de flores também. Eu até hoje jogo beijos, faço tchau e sempre falo com ela. E quando estou acompanhada chamo a atenção da pessoa - olha que linda a quaresmeira!!! Ela é linda com ou sem flores, com ou sem folhas... eternamente linda.




Abraços com chuvinha de folhas!

domingo, 22 de março de 2009

Olá!


Hoje pensei estou com saudade do meu blog, mas estou meio sem graça esses dias. Novos exames sem muitas boas notícias, mais exames e consultas esta semana. Mas sinto uma falta de me entender com meu blog. Ele se tornou um grande amigo pra mim. Nas horas em que não consigo acessar sempre penso, alguém está passando por lá. E vira uma troca bacana, mesmo que uma maioria não deixe seu recado. Sei que estou sendo compreendida por amigos e novos visitantes. Me tornei amiga, da escritora Eliane Furtado que também tem seu blog, e nesta quinta-feira vai lançar seu novo livro "Atraídos pelo Amor". Junto com ela e mais todos do seu blog, contamos os dias para este lançamento, e sempre nos "falamos" pelo blog. Ela assim como eu enfrenta um câncer, e com muita alegria leva a vida entre as montanhas e a maravilhosa Rio de Janeiro. Sorte e sucesso para você Eliane!!

Abraços de lançamentos!!!

terça-feira, 17 de março de 2009

Juventude




Um dia destes estava eu procurando alguma coisa interessante na TV, e dei de encontro com o filme Embalos de Sábado à noite, adorei assistir pela sei lá quantas vezes. Gosto das musicas, da dança, da juventude do filme e, dos bons momentos que dancei nas discotecas da época, os passos e cantarolar as músicas lindas de Bee Gees. Enquanto assistia o filme fiquei pensando em mim e também no John Travolta. Hoje devemos ter mais ou menos a mesma idade. E como é bom não se prever o futuro, aproveitar o presente, pois quando é que íamos imaginar nossa vida hoje tão difícil, eu com minha doença e ele com a perda do filho tão jovem. Só mesmo com muita fé e, total entrega a crença que cada um tem, para aguentar firme todos os embalos fortes que vão sendo colocados em nosso caminho. FORÇA !!!!



Abraços com embalos !!!!

AUTOCONTROLE


... A pratica da paciência traz uma estabilidade emocional que não só nos faz mais fortes mental e espiritualmente, como mais saudáveis fisicamente. Sem dúvida, atribuo a boa saúde de que desfruto a uma mente em geral calma e serena. Entretanto, o benefício mais importante da paciência consiste em sua ação como um antídoto poderoso ao mal da raiva, a maior ameaça à nossa paz interior e, consequentemente, à nossa felicidade. A paciência é o melhor recurso de que dispomos para nos defendermos inteiramente dos efeitos destrutivos a raiva. Pensem bem: a riqueza não protege ninguém da raiva. Nem a educação, por mais talentosa e inteligente que a pessoa seja. A Lei, muito menos, pode ser de qualquer ajuda. E a fama é inútil. Só a proteção interior do autocontrole paciente evita que experimentemos o tumulto das emoções e pensamentos negativos... "Dalai-Lama".
NAMASTÊ

segunda-feira, 16 de março de 2009

Entrevista Globo News

video

A entrevista é um pouco longa mas, muito proveitosa... assista quando puder.

Abraços quentinhos!

Cuidar

Você já experimentou a sensação de cuidar com muito amor de alguém! Se ainda não, quando surgir a oportunidade não deixe passar, por que o retorno deste gesto é muito gratificante!

Pois é, na semana passada recebi aqui em casa minha querida cuidadora de orquídeas, ela mora fora de São Paulo, mas também é paciente de câncer e fazemos tratamento na mesma clínica.

Por este motivo ela precisava ficar aqui em SãoPaulo para umas consultas médicas. Muito debilitada e fragilizada pelo forte tratamento, não perde jamais o amor a vida, acima de tudo nessa hora precisa-se de muito amor.

Eu me senti muito forte diante da dor física dela, de como leva este enfrentamento diante deste gigante que é o câncer. Mas em todos os momentos ela, assim como eu pensa na VIDA, em planos para quando tudo passar, em projetos a serem realizados e poder enfim, ter uma sobre vida bem próximo do normal.

Quando nos despedimos no dia seguinte agradeci a ela e a DEUS por me permitir esse momento, como foi bom estar com ela, fazer uma comidinha simples mas especial, e juntas pensarmos nas dores, nos sofrimentos e chorar se fosse necessário. Como é bom poder falar a mesma língua neste momento tão difícil. Por isso nunca deixe passar esta oportunidade, você terá uma rica e linda história para todo o sempre em seu coração.


Abraços com cuidados cheio de amor!!

quinta-feira, 12 de março de 2009

Enquanto houver



Vamos viver porque existe a vida e enquanto houver vida há aprendizado


Vamos amar porque existe o amor e enquanto houver o amor há o perdão


Vamos pensar porque existem ideias e enquanto houver ideias há renovação


Vamos crer porque existe fé e enquanto houver fé há esperança
poesia do livro Sentimentos e Atitudes da escritora Renata Stort
Abraços com cheiro de mar!

segunda-feira, 9 de março de 2009

Vento


... " DEUS ENVIA O VENTO, MAS É O HOMEM QUEM DEVE IÇAR AS VELAS'...
Santo Agostinho


Abraços Apertados!

domingo, 8 de março de 2009

Trabalho


Hoje lendo a folha de São Paulo, estava lá palavras do astro Patrick Swayze, com um grave câncer no pâncreas. Em tratamento e muito debilitado, escolheu não parar de trabalhar e afirma que depois deste pedido ser atendido passou a ter mais fé no ser humano.

Disse também que ..."ganhar a batalha contra o câncer é não desistir. Não quero ficar atrás de estar vivo, eu quero é viver"....

fiquei pensando sobre isso, a minha profissão não me permite voltar nem que seja parcialmente. Eu trabalho com transporte escolar e universitário, e até adoecer dirigia, e muito! Hoje apenas administro a distancia. O trabalho sempre nos deixa mais próximo de uma vida normal.

A rotina do dia-a-dia com problemas do cotidiano é tão bom... a maioria das pessoas não tem muita noção disto. E devo admitir que me assusta um pouco, quando as pessoas diante de qualquer fato muito pequeno consegue por tudo a perder.

Não permita que os seus dias passem sem serem admirados e queridos. É muito bom viver sem a sombra de um real problema.


Namastê

sábado, 7 de março de 2009

Mulheres...


*Homens não ligam para celulite.

*Homens não reparam quando você corta o cabelo.

*Homens não sabem diferenciar uma sandália cara de uma barata.

*Homens não valorizam uma blusa cor-de-beringela porque não sabem qual a cor da beringela.

*Homens não reparam quando você engorda 450 gramas.

*Homens não se importam se sua calcinha não está combinando com seu sutiã.

*Homens não sabem que um jeans pode ser diferente do outro.

*Homens não sabem o que é chapinha, reflexo ou escova progressiva.

*Homens nunca vão dizer "puxa como você melhorou depois da drenagem".

*Homens pouco se importam se você retém líquido na TPM.

*Homens não enxergam uma estria nem com óculos.
*Homens nunca vão saber se você repete roupa.

Então.... relaxe e aproveite para ser mulher sem medo de ser feliz!!!!

(este texto eu guardei já faz um tempo, de uma revista, e era propaganda de uma loja de cosméticos no dia da mulher)
.... então VIVA NÒIS!!!!!!!

sexta-feira, 6 de março de 2009

Sementes


..." Todos os tipos de sementes de poder estão dentro de você, esperando para você fazê-las crescer"....

Yogananda

quarta-feira, 4 de março de 2009

terça-feira, 3 de março de 2009

Amor


Boa-Tarde visitantes queridos!

Quero apresentar a vocês uma pessoinha muito importante na minha vida, os amigos mais chegados já sabem do seu valor.

Mas, resolvi dividir ele com todos os novos amigos que consegui através deste blog. Este carinha ai da foto, é meu queridissimo afilhado Marcelinho em sua companhia, o Dodi o maltês maluquinho e muito querido por nós! Tenho uma história desde sempre com o Marcelinho.

Conheço ele desde a barriga da sua mãe Patrícia. Nós moramos no mesmo prédio e temos uma afinidade familiar, as vezes acho que é além disso. No dia em que ele nasceu,fazia um frio danado e lá fomos nós pra maternidade, muita alegria, muitos choros e muita emoção. Acompanhei toda sua infância, e agora sua pré adolescência.

Ele é uma pessoa adorável, carinhoso, prestativo, atento, inteligente, bom é melhor parar por aqui. Logo depois que adoeci, num dia estávamos almoçando juntos, e ele me rodeou com muitas perguntas, até que finalmente conseguiu chegar onde queria. Ele queria saber se câncer pegava como catapora, que naquele momento na sua escola, aqui no prédio seus amigos quase todos estavam com a danada da catapora.

Eu naquele momento tive uma rápida solução para a resposta. A toalha que estava na mesa do almoço, tinha vários quadrinhos e dentro deles muitas florzinhas. Assim expliquei a ele que meus tumores eram aquelas florzinhas fechadas no quadradinho, como se fossem meus pulmões, e que dali eles não poderiam sair e contaminar ninguém. Depois de uma pequena pausa ele disse: Ah! tá bom então. Eu fiquei feliz por que, a ausência de perguntas ficou evidente pra mim de que a resposta foi clara!

Como se fosse assim, eu posso ficar sempre perto dela não vou ter câncer por isso. Ele hoje tem 11 anos, vem aqui em casa quase todos os dias, nem que for só pra saber como estou e falar oi e tchau! Nos dias que faço quimio, ele chega devagar e pergunta baixinho: - tá tudo bem Rosinha, é assim que me chama desde que aprendeu, que poderia por apelidos carinhosos nas pessoas que ama.

Obrigada Patrícia,Marcelo(pai) e papai do céu por me dar um afilhado tão amado.

domingo, 1 de março de 2009

Valorize

São Paulo, 01 de Março de 2009



Tenho que valorizar cada momento da minha vida! Digo isso a mim mesma a cada instante que vivo!






• Quando me levanto e consigo sair da cama sem nenhuma dificuldade.
• Quando posso me sentar a mesa e tomar um café da manhã, e depois ler o jornal numa preguiça gostosa.
• Quando posso acompanhar a legenda de um filme que queria muito assistir.
• Quando consigo compreender o que as pessoas falam comigo.
• Quando posso comer sem sentir dor na boca.
• Quando posso ficar na internet sem me cansar demais.
• Quando posso cantar e dançar sozinha ou acompanhada.
• Quando posso cozinhar sem sentir náusea.
• Quando posso ler por um tempo longo sem perder o entendimento.
• Quando posso sair na rua sem mascara para não pegar nenhuma virose oportunista.
• Quando posso atender o telefone e falar..falar...falar sem sentir falta de ar.
• Quando posso dirigir, nem que seja por uma curta distancia.
• Quando posso fazer qualquer atividade por menor que ela seja.

Aproveito a todo momento, o momento a ser vivido.
Dê a devida importância a cada obstáculo que a vida te dá!